quarta-feira, 23 de julho de 2008

Louca obsessão

Eu teria toda uma história pra contar de como a mesa herdada da minha avó seguiu seu rumo e vai fazer o terceiro neto feliz, de como eu fiquei sem sala de jantar e de como a minha mãe ajudou a achar uma solução bem simpática, mas provisória.

Mas a solução vai ser mais provisória do que o planejado, porque achei as cadeiras perfeitas. E tô há três dias pensando nelas enquanto trabalho, namoro, como e durmo.

Originais dos anos 50, de caviúna, pé palito. Corre uma lágrima. Chegam na segunda que vem.
Agora, lógico, quero mudar todo o resto por causa delas. Diversão ilimitada.


6 comentários:

Lella disse...

quero saber da história da mesa!

Rafa disse...

phina

Joelma disse...

são elas aí na foto? com estofamento colorido e tudo? MORRI três vezes, ãmiga! (de inveja preta, marrom, amarela, bege e azulzinha clara).

Ticolina disse...

absolutamente clean(das)!!

Larissa disse...

sim, sim, são elas! talvez tenha que trocar alguma coisa do estofamento, mas vou manter as cores. Lella, to procurando no Do Lar parte da história, heheh

tritter disse...

conheço uma banda que ia combinar direitinho com a decoração da tua sala!