terça-feira, 12 de agosto de 2008

notícias de um pandemônio particular

Grifos by Maria Paula


28/07/08
De: Bete
Para: Larissa
"Tem que comprar umas fronhas avulsas pra usar com aqueles travesseiros, essas que você tem aí tão horríveis"

11/08/08
De: Bete
Para: Larissa
"Larissa, tem roupa à beça pra passar, seu armário tá um caos, não tive tempo para dar uma ajeitada."

Ah, e tem que comprar uma vassoura nova.

9 comentários:

MoonLight disse...

Háháhá... a Bete é um balaço!! ... não tem nem uma alisadinha, é na lata mesmo!!! háháhá

Lari, quando casei, a ajudante da minha mãe passou a ir lá em casa uma vez por semana e, como ela me conhecia desde bebê, também me dava uns "pitos" assim... ai, a minha Vandinha era um anjo, só ela conseguia deixar a minha casa habitável.

Hoje em dia, tudo mudou. Mas que aquela época era boa, ah, isso era sim... hihihi

Beijocas, queri. (e vai comprar essas fronhas logo! rsrs)

Anônimo disse...

sou do fã clube da bete! bj, maria paula

Anna Martha disse...

Eu até seria do fã clube dela também, mas ela se negou a trabalhar comigo. Magoei.

mãe disse...

Sem comentarios

Joelma disse...

O melhor é o grifo amarelo no "horrível". bete não perdoa. :*

clarissa disse...

coitada da tia ronete, eu tenho certeza que ela não ensinou assim.

virginia caetano disse...

eu tava esperando um post de Bete pra falar da minha faxineira, mas não resisto, comento neste mesmo, preciso desabafar.

a minha destrói todas as minhas manhãs ensolaradas, e não é nem por dizer que a roupa tá mal passada.

cena 1: eu toda arrumada e feliz, malona pronta, me achando muito legal, prestes e ir pro salgado filho embarcar pra londres e ver meu namorado (um ano de namoro, metade dele separado). e ela "tu vai com ESSE cabelo?". detalhe. eu tinha pago 120 reais uma semana antes pra uma escova de chocolate e tava me achando A GATONA.

virginia caetano disse...

cena dois (ontem). eu me achando muito fashion e bem-resolvida de sair de saia com as minhas canelas finas (finíssimas) pra quem quisesse ver, depois de dois meses de terapia pra me aceitar como sou e tudo o mais.

ela: ah! (não conseguiu esconder o susto). tu vai sair assim toda de preto? credo, parece que tá de luto!
eu: hmm (desânimo)
ela: (silêncio)
eu: ah, olha só eu nem ia sair toda de preto mesmo, ia botar essas minhas sandálias amarelas novinhas (mostro as sanálias)
ela: aaahhhhh, que horroooorrrrr!!!! é muito fosforecente, Viky!

virginia caetano disse...

pelo menos a Liana a-do-rou as minhas sandálias. obrigada, Liana, tu não sabe o quanto salvou minha auto-estima...