sexta-feira, 5 de junho de 2009

as canções que você canta pra mim

Até os 24 anos, não teve uma única vez em que saí de casa para uma festa sem ouvir meu pai cantar Marina, de Dorival Caymmi. 

E mesmo não morando mais com ele, sempre que me maquio ouço os versos na voz do Seu Solon: "Marina, Marina, morena, Marina, você se pintou...".

As canções que ele canta pra mim são das coisas mais especiais da vida. E hoje, depois de uma semana pra baixo, me deu vontade de novo de passar um corretivo na olheira, um blush, jogar o cabelo pro lado, fazer cara de habitué e seguir em frente.

Pai, essa é pra ti, com todo o amor que é possível imaginar e mais um pouco:




15 comentários:

taís disse...

o nosso pai é o mesmo? hshshshshs

ai, esse homens da nossa vida que odeiam maquiagem...

beijoquinhas

Anna Martha disse...

Invejei.

Anna Martha disse...

Mas inveja boa, entenda.

anitath disse...

se tu imaginasse como (e há quanto tempo) eu sou fã do teu pai... :)

clarissa disse...

amomuito seu solon

Fernanda Albuquerque disse...

que lindo teu post, querida! emocionei.

Anônimo disse...

Larissa querida.
Sem comentário hoje. Mas que comentaria eu? Há não ser, talvéz, para dizer o que sempre digo em horas menos alegres(s e SS assob(v)iados ):
"A vida é uma sussessão de sussessos e inssussessos que se sussedem sussessivamente."
Liquidei com o vernáculo mas o importante é assssob(v)iar.
Bessoss. I love vossê.
Sseu Ssolon

mãe disse...

Tems razão teu Pai é um HOMEM muito especial por isso Eu o amo tanto. Beijos Mãe

Rodrigo Muzell disse...

"Logo eu que falava tanto, perdi o dom da explanação."

Sequer consegui achar uma frase minha pra falar do seu solon.

Larissa disse...

Nada melhor do que declaração de amor de pai e mãe. E eu nem tô com febre!

Lisi disse...

Que post lindo!
Amei

Joelma disse...

Embrulha os dois e manda lá pra casa? tô percisada deles hoje. ;)

alessandra disse...

até quase chorei agora. lindo.

Lella disse...

que fofos os magrisso! :)

Erica disse...

ai, chorei de saudades...

orgulho em dizer que sou sortuda por ter tido a oportunidade de ouvir 'tio' Solon (sim, pra mim sempre será tio solon e tia ronete) cantar esses versos enquanto a produção rolava solta na residência Magrisso.

beijo a toda família!