domingo, 30 de março de 2008

Pense nisso

"Há três anos, ninguém mais ligava para essa tradição que, gente, não pode morrer. É um sinal de respeito com os cavalos, que valem até R$ 1 milhão."

Frase de Paula Hellmeister, organizadora do Grande Prêmio São Paulo do Jockey Club, sobre o uso de chapéu nos dias de competição. Mais na Mônica Bergamo de hoje (requer senha).

2 comentários:

Marcia disse...

acho que os carroceiros de Porto Alegre também deveriam usar chapéu, néam?
é uma questão de respeito.

Renata disse...

Eu que desenhei essa página :P