segunda-feira, 9 de junho de 2008

Flamingos e Beach Boys


Sábado fiquei de babá da Julia. Ela trouxe lápis de cor e DVD pra casa da dinda, mas muito mais legal era tirar todos os badulaques das prateleiras. E eu, muito feliz, correndo atrás.
Conclusões:
1) O porco a pilha que anda, mexe o nariz e faz barulhos que eu ganhei de um amigo-secreto ha milênios é um sucesso imbatível para muitas gerações de primos, afilhados e sobrinhos
2) Se você tiver algo venenoso em algum lugar da casa, a criança vai encontrar (Anna, ela não pegou, eu impedi a tempo, ok?)
3) Balas são muito mais legais que bolachas – e se você é dinda, dá pra dar sem culpa
4) YouTube é muito útil. Digite Backyardingans, Mickey ou Monsters Boo e é diversão garantida por uns vinte minutos
5) Vinte minutos fazendo a mesma coisa com uma criança de dois anos é um recorde considerável
6) Qualquer coisa em papel de presente é irresistível
7) Acho que a Julia também gosta de Flamingos...
8) ...e de Beach Boys

7 comentários:

Anna Martha disse...

Oi, ela também gosta da dinda. :P

Anônimo disse...

Não vale esperei até as 5 horas, que hora ela chegou?Acho que foi sabotagem. Beijos Mãe

Anna Martha disse...

Nãããããoooo. Culpa da governadora, que resolveu conceder uma coletiva às quatro da tarde de um sábado.

Mãe disse...

A Governadora é mais importante que a velha Tia? Por hoje Eu perdoo mas não se repita . Beijos

Fases de MoonLight disse...

háháhá... concordo com a conclusão nº 5 em gng... aliás, parabéns: 20 minutos é mais que um recorde!

Beijocas, Lari!

Clarissinha disse...

Flamingos são irresistíveis mesmo.

Joelma disse...

Eu já passei por tudo isso, Lari. Dica: pular na cama da dinda garantem mais 20 minutos de diversão. :)

Ah, sim, se os pequenos gostam do Barney, dá um trabalhão achar a versão em português no You Tube. Da primeira vez só achamos a original, em inglês, e a Valentina esbravejava: "nu é esse" nu é esse!". Até que achamos um videozinho bem tosco, em português, que ficou rodando no repeat. Por 20 minutos, óbvio.