sábado, 15 de agosto de 2009

Cinderella vai casar


É tão raro eu ter sonhos com acontecimentos encadeados e lógicos, daqueles que parecem uma historinha, que resolvi registrar aqui logo que acordei. Nesse caso não foi exatamente um sonho, mas um pesadelo.

Estava eu me arrumando para casar. Não posso ser chamada de noiva em potencial, mas também não tenho ojeriza ao tema. A questão é: 30 minutos antes de subir ao altar, me dou conta de que não comprei o sapato branco. Nem a meia-calça.

Eu, de rolo no cabelo, maquiada e com o vestido, começo a me desesperar. Chamo minha mãe e a Tati, minha prima. As duas são conhecidas por falar alto, agitar, mas também por estar aí para o que der e vier. Começamos a procurar um sapato que sirva. Obviamente todos os meus pares estão bagunçados, desencontrados, e desistimos. Saímos então atrás de uma loja aberta.

Na primeira, nenhum sapato branco. Mas passo por um espelho e vejo que fui maquiada com sombra azul. Olho pra mãe e dou uma chorada: "maquiagem azul, mãe?". Ela também lamenta, mas me lembra que se chorar, piora. Nesse momento os convidados já esperavam há uns 40 minutos e a angústia toma conta de mim.

Eu podia estar roubando, mas estou pedindo

Passamos por uma supermegastore de sapatos que estava prestes a inaugurar, mas mesmo que já tivesse o estoque e as vendedoras, ainda não podia receber clientes. Faço um apelo emocionado. Aponto para o vestido, que nesse momento já está amassado. Para a sombra azul. Digo que elas são as únicas que podem me salvar.

Começa uma daquelas cenas de filme em que a música sobe e todos se mobilizam. Uma vendedora avisa a outra, que chama a seguinte, que grita pra uma terceira: "um scarpin branco 33!".

E eu, recuperando a esperança, berro da outra ponta: "37! 37!"

Ouço, a uns 100 metros de distância alguém gritar: "traz aquele de canutilhos, TODO BORDADO, 37!"

De joelhos, quase sem forças, digo: "NÃO! Quero um BEM LISINHO!".

Cai o pano.

Alguém me chamou?

Agora me ajudem a decidir o que a analista vai dizer na segunda-feira:

A) Mas maquiagem azul, Larissa?
B) Veja bem, sua mãe não condenou os esquecimentos e a bagunça. Mas a autossabotagem que você carrega dos primeiros anos da infância ainda é uma barreira para o amadurecimento. Observe, de 33 para 37. A propósito, gostaria de voltar ao assunto das faltas na terapia.
C) Fico me perguntando o que você quis dizer com "bem lisinho".

10 comentários:

Lisi disse...

Ahahahahhahahahahahahhahaha!
Creio que os 40 minutos de atraso representam o sonho em trabalhar 40 horas semanais (no máximo). A presença das "agitadas" significa gostar de remelexo na hora do pega. E o lisinho, lisinho, significa que tu estavas depilada!

Marcela Mourão disse...

Na real, tu sonhou isso porque quase todo mundo da nossa idade e círculo social está casando e/ou tendo bebês.

Caroli disse...

o que a terapeuta vai dizer não sei, agora eu quase chorei no primeiro parágrafo achando que tu ia casar e não tinha me convidado. =)

Marcelo M disse...

Corta para o salão. Convidados claramente incomodados pelo atraso, sem champanhe. Alguns sussurros "eu sabia que ela não ia segurar o rojão". O irmão mais velho e o sobrinho da noiva passando o dedo no bolo. O pai da noiva cochilando.

Mariana disse...

Ri muito, obrigada!
Tb tenho sonhos malucos e sei como eles podem parecer reais nos mínimos detalhes

Lella disse...

se tu tivesse em fase pré-casório, eu diria que é normal e que é pra ti ficar tranquila que vai dar tudo certo. mas, como (acho) não é o caso, diz aí quais as perguntas da terapeuta.

fala sério, no fundo, no fundo, tu tem um desejo secreto de usar sombra azul e sapatos brancos bordados, né? :p

mas adorei o post e me mijei de rir imaginando a cena de tu implorando na megastore de sapatos, apontando a maquiagem azul e o vestido amassado.

alessandra disse...

adorei! 30 minutos, pouco tempo chegar ao casamento, 30 anos... hummmmmmm a terapeuta também deve ter adorado! uhauhahuauhuhaua

clarissa disse...

análise grátis, ale? hahahaha
NÃO ENTENDO por que não pediu pra mim os sapatos, um claro absurdo.

Larissa disse...

Gente, o sonho já rendeu duas sessões, vocês não imaginam. Mãe, fica tranquila que não tem nada a ver contigo!

Mãe disse...

não sei não vou pesquisar melhor a minha influencia neste casamento